Empreender é superar desafios



Nesse “post-depoimento”, vou contar uma experiência difícil que aconteceu comigo e que fortaleceu ainda mais a existência do Meu Primeiro Alecrim e o meu propósito dentro dessa empresa que eu criei.


Meu Primeiro Alecrim, assim como tantos negócios, sofreu um impacto muito grande com a pandemia. Estávamos crescendo com a venda para escolas de pequeno porte, e de uma hora para a outra todos os contratos foram cancelados. Muitos sabem a dificuldade que é empreender, lidar com todas as dificuldades e responsabilidades de um negócio e ainda ter filhos pequenos e conseguir harmonizar o cuidar de si, da família e do negócio, é uma conta que muitas das vezes não fecha, 24h não são suficientes para viver 1 dia.


Com a nova realidade pandêmica tive que trabalhar muito mais para segurar a empresa. As escolas fechadas e as 05 crianças em casa. Meu marido precisou parar de trabalhar para cuidar da casa e das crianças para que eu pudesse continuar a empreender.


Toda essa introdução pra contar pra vocês o quanto a alimentação da minha família ficou comprometida. Antes as crianças almoçavam na escola (a comida deliciosa do Meu Primeiro Alecrim, rsrs) e lanchavam também, a preocupação era produzir o café da manhã (sempre foi um momento delicioso em casa) e o jantar. Na nova realidade era preciso pensar em TODAS as refeições e ainda lidar com a ansiedade das crianças pedindo lanches o dia todo “pai, tem alguma coisinha pra comer?”, essa pergunta era feita incontáveis vezes ao dia.


Essa realidade estressante e sem nenhuma rede de apoio, foi empobrecendo a alimentação saudável da minha família, que sempre foi motivo de orgulho pra mim. Um dia, no trabalho, organizando uma jornada de produção de marmitinhas, tive uma crise de choro, me dei conta da falta de sentido que havia se tornado a minha rotina: trabalhando enlouquecidamente o dia todo, encontrado super pouco minhas crianças, todas elas confinadas em um apartamento pequeno, meu marido se virando na cozinha, mas com pouca criatividade para tanta demanda e de repente me dou conta que estavam vivendo de arroz com ovo, mexidos (mistura de restinhos) e muito pão.


Qual o sentido de trabalhar com alimentação, pregar a necessidade de se criar hábitos saudáveis e a minha família não poder fazer parte disso???


Nenhum sentido. Repensamos nossa rotina, criei uma forma de inserir a diversidade do Meu Primeiro Alecrim dentro da minha casa e conseguimos transformar nossa realidade, mas e as tantas pessoas que também passam por isso? Vamos conversar com quem vive as mesmas dificuldades e pensar em soluções?


Temos refeições prontas, saudáveis e gostosas para ajudar no seu dia a dia. Mas também estamos em processo de criação de novas possibilidades para acolher de forma mais completa as dores de quem deseja uma alimentação saudável e não tem tempo. Vou contando tudo por aqui e pelo nosso site.


Me conte sua dificuldade, o que você mais precisa para criar e/ou manter hábitos saudáveis?

8 visualizações0 comentário